Última hora

Última hora

Extrema-esquerda conquista Gronelândia

Em leitura:

Extrema-esquerda conquista Gronelândia

Tamanho do texto Aa Aa

O partido independentista de extrema-esquerda venceu as eleições na Gronelândia.

Com todos os distritos contados, o IA obteve 44% dos votos, contra 26% do Siumut. Kuupk Kleist será o próximo Primeiro-ministro. De saída está Hans Enoksen. Esta é uma vitória histórica na Gronelândia, que acaba com um domínio de trinta anos dos sociais-democratas. O próximo governo será o primeiro a gerir este território semi-autónomo da Dinamarca, nos termos da nova lei de autonomia que entra em vigor a 21 de Junho. A Gronelândia é a maior ilha do planeta e está à três séculos sob o domínio de Copenhaga, desde mil novecentos e setenta e nove como território autónomo. Em Novembro de dois mil e oito setenta e cinco por cento dos habitantes da Gronelândia escolheram a independência. A vitória da extrema-esquerda de Kleist é mais um sinal de que a população quer afastar-se da Dinamarca e continua a não querer fazer parte da União Europeia.