Última hora

Última hora

Investigações sobre Airbus A330

Em leitura:

Investigações sobre Airbus A330

Tamanho do texto Aa Aa

As causas do acidente do Airbus A330 vão levar tempo até serem apuradas.

A garantia foi dada pelo responsável pelo inquérito em curso. Uma investigação liderada pela França, que conta com a colaboração do Brasil e peritos de outros países. Os destroços do avião da Air France foram encontrados pela Força Aérea Brasileira numa faixa com cinco quilómetros de extensão. Em conferência de imprensa, Paul Louis Arslanian, referiu que a Comunicação Social e a opinião pública terão acesso a toda a informação independemente do que venha a ser encontrado. Informação que promete transmitir de forma clara. O director dos Serviços de Inquérito Franceses afirma que a zona vai criar algumas dificuldades aos investigadores. Assentos, bóias, vestígios de combustível e óleo foram detectados entre dois arquipélagos brasileiros: Fernando de Noronha e São Pedro e São Paulo. França, Brasil, Estado Unidos, Espanhal e Senagal uniram esforços para apurar o que terá contecido com o Airbus A330, que fazia a ligação entre o Rio de Janeiro e Paris. Esta quarta-feira, um avião radar gaulês deverá efectuar uma cartografia dos destroços para determinar o local do acidente. A Air France mostra-se confiante na recuperação das caixas negras.