Última hora

Última hora

Irlandeses e checos começam a votar nas europeias

Em leitura:

Irlandeses e checos começam a votar nas europeias

Tamanho do texto Aa Aa

A Irlanda e a República Checa vão hoje às urnas para eleger os deputados para o Parlamento europeu. Na Costa Oeste da Irlanda os primeiros eleitores começaram já a votar no escrutínio europeu, local e legislativo parcial na remota ilha de Tory. O sufrágio deverá determinar o futuro do governo de Brian Cowen seriamente abalado pela crise económica que atinge o país. As sondagens anunciam que o partido Fianna Fail poderá perder 20 a 25% dos conselhos regionais e metade dos quatro eurodeputados em Estrasburgo.

Mesmo que as sondagens não prevejam uma vitória da lista Libertas, que fez campanha pelo não ao tratado de Lisboa, a derrota de Cowen pode deixá-lo mais isolado na coligação governamental, num momento em que prepara a convocação de um novo referendo ao tratado até ao final do ano. Na república Checa, país que preside a União Europeia, as eleições para o parlamento europeu decorrem até sábado, marcadas por uma abstenção que pode atingir os 60% face ao eurocepticismo militante do presidente Vaclav Klaus. À semelhança do chefe de Estado polaco, Klaus continua a recusar promulgar a ratificação do tratado de Lisboa.