Última hora

Última hora

Uma visita simbólica para Obama

Em leitura:

Uma visita simbólica para Obama

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama veio à Europa prestar  homenagem às vítimas da segunda guerra mundial e esta tarde visita o campo de concentração de Buchenwald.
 
Obama inscreveu-se no Livro de Ouro de Dresden, cidade fortemente destruída pelos bombardeamentos da aviação aliada, em finais da II Guerra Mundial, e entretanto uma das “pérolas” arquitectónicas do maior país da União Europeia.
 
Obama e Merkel prometeram uma “estreita cooperação” para superar a crise económica internacional e conseguir uma solução para a crise no Médio Oriente.
 
É a segunda deslocação do presidente norte-americano à Alemanha, sobre a visita ao compo de concentração declarou que “refletem o perigo que ameaça os povos quando entram em conflito e perdem o sentido de humanidade, mas mostra também o fim desta tragédia e hoje temos uma Europa unificada e a Alemanha e Israel são mais próximos e têm a possibilidade de reconciliação, de perdão e de esperança”. 
 
Nesta visita a Buchenwald Obama faz-se acompanhar por Angela  Merkel e pelo o Prêmio Nobel da Paz Eli Wiesel, um dos sobreviventes desse campo de concentração onde morreram 
56 mil prisioneiros às mãos do regime nazi. 
 
Cerca de 21 mil detidos viveram a libertação do campo em 11 de Abril de 1945 pelas tropas americanas.