Última hora

Última hora

Air France substitui sensores de aviões após acidente do voo AF447

Em leitura:

Air France substitui sensores de aviões após acidente do voo AF447

Tamanho do texto Aa Aa

As causas do despenhamento do avião da Air France, com 228 passageiros a bordo, permanecem um mistério.

Seis dias após o desaparecimento do voo entre o Rio de Janeiro e o Brasil as buscas prosseguem sobre o Atlântico. A França enviou ontem um submarino nuclear e um avião radar para tentar detectar as caixas negras do aparelho, que podem encontrar-se a mais de seis mil metros de profundidade e que têm um período de vida de apenas 30 dias. Até ao momento as equipas de resgate não conseguiram identificar o local do despenhamento. O Brasil reconheceu ontem ter cometido um erro na identificação dos destroços encontrados no início da semana, e que não pertenciam ao avião sinistrado. As equipas de investigação não excluem nenhuma hipótese quanto às causas do incidente, inclusivé a possibilidade de um atentado. As últimas mensagens emitidas pelo aparelho reforçam a hipótese de uma falha técnica nos sensores do Airbus 330, no momento em que atravessava uma violenta tempestade. Num memorando interno a Air France ordenou ontem a substituição de todos os sensores de velocidade e de inclinação dos aviões da sua frota.