Última hora

Última hora

Europeus estão a punir os partidos do poder

Em leitura:

Europeus estão a punir os partidos do poder

Tamanho do texto Aa Aa

Pouco a pouco a Europa vai levantando o véu sobre as escolhas feitas pelos cidadãos nestas eleições europeias.
 
De acordo com as sondagens à boca das urnas, na Alemanha, os conservadores da CDU/CSU, da chanceler Angela Merkel ganham as eleições, mas com perdas de cerca de 6% relativamente ao escrutínio de 2004; os sociais democratas mantém quase os mesmos resultados.
 
Na Áustria, espera-se uma derrota histórica dos sociais democratas do SPÖ, que deverão perder cerca de 10%. O ÖVP, Partido do Povo ganha a eleição, mas perdendo também terreno. A surpresa vem do Liste Martin, do eurocéptico Hans-Peter Martin, apoiado pelo maior quotidiano do país, o Krone Zeitung, que atinge cerca de 18% dos votos.
 
Em alta está também a extrema-direita: o Partido da Liberdade quase duplica a votação; a Aliança para o Futuro, participa pela primeira vez em eleições europeias e deverá alcançar 4,8%.