Última hora

Última hora

Grã-Bretanha: a humilhação dos trabalhistas

Em leitura:

Grã-Bretanha: a humilhação dos trabalhistas

Tamanho do texto Aa Aa

Na Grã-Bretanha, os trabalhistas do primeiro-ministro Gordon Brown foram relegados para um humilhante terceiro lugar nas eleições europeias.
O escrutínio foi ganho pelos conservadores de David Cameron, com 25,9%, mais 1,3% do que os resultados alcançados por esta formação política em 2004.
Em segundo lugar, ficaram os eurocépticos do UKIP, com 17%, numa subida de 2% face às últimas eleições europeias e, os trabalhistas com uma queda de 8,9% em relação ao escrutínio precedente, não foram além dos 16,7%.
A queda do Labour já não oferecia dúvidas sobretudo depois do anúncio dos resultados das eleições municipais da passada quinta-feira. Gordon Brown está cada vez mais sob pressão para se demitir, apesar da restruturação governamental anunciada.