Última hora

Última hora

Espanhóis penalizam governo nas urnas

Em leitura:

Espanhóis penalizam governo nas urnas

Tamanho do texto Aa Aa

Cartão amarelo também o governo socialista espanhol. O PSOE espanhol ficou em segundo lugar mas o partido no poder sublinha que foi o melhor resultado conseguido por uma formação socialista na Europa.

Uma derrota esperada, numa altura, em que o país atravessa uma grave crise económica marcada pela subida em flecha do desemprego, cuja taxa supera já os 17%. A diferença entre socialistas e populares ficou abaixo dos 5%, o que, segundo os analistas, não é suficiente para o PP fragilizar o governo de Zapatero. O Partido Popular (PP) conseguiu ontem 42,2% e a primeira vitória eleitoral desde 2000. Mariano Rajoy promete fazer melhor e ganhar as próximas legislativas. A Espanha elege 50 deputados para o parlamento europeu: 23 serão do PP e 21 do PSOE. A taxa de participação também foi melhor do que o esperado, rodando os 44%, ligeiramente acima da média europeia.