Última hora

Última hora

Irão: Moussavi ganha força na corrida às presidenciais

Em leitura:

Irão: Moussavi ganha força na corrida às presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Este é o maior adversário de Mahmoud Ahmadinejad na corrida às presidenciais iranianas.

Hossein Moussavi soma pontos junto do eleitorado e as últimas sondagens dão ao conservador moderado vantagem sobre o candidato ultranacionalista, sobretudo, junto daqueles que reivindicam maiores liberdades individuais. A tensão está ao rubro. Ahmadinejad distribui sorrisos para conquistar eleitores, Moussavi contrapõe com números. O Irão regista uma taxa de desemprego de cerca de 12%, enquanto a inflacção ronda os 25 pontos percentuais. Mas estas são questões que parecem não parecem abalar a popularidade do até agora presidente Um jovem afirma que vai votar em Ahmadinejad porque considera que o ultraconservador seria incapaz de prejudicar a nação, acrescentando, que o candidato já deu provas disso mesmo, nos últimos anos. Provas limitadas no que toca à política externa. O dossier nuclear iraniano e as relações com os Estados Unidos são questões reservadas a um outro decisor: o guia supremo Ali Khamenei. Moussavi, antigo chefe de Governo regressa à actividade política ao fim de um interregno de 20 anos. Assume-se como um homem discreto e um defensor da igualdade de direitos entre homens e mulheres. Uma posição que tem cativado grande parte do eleitorado feminino. Cerca de 71 milhões de iranianos são chamados à urnas na próxima sexta-feira para escolher o novo chefe de Estado.