Última hora

Última hora

Líbia dá prioridade a empresas italianas

Em leitura:

Líbia dá prioridade a empresas italianas

Tamanho do texto Aa Aa

A Líbia vai investir cerca de 12.000 milhões de euros para atrair investimento estrangeiro e as empresas italianas vão ter prioridade sobre os outros países.

A garantia foi dada por Mouammar Kadhafi, no terceiro dia da visita oficial a Itália. O país é o primeiro cliente e fornecedor da antiga colónia. A Líbia é a segunda accionista do banco italiano Unicredit e anunciou, entretanto, que pretende investir na ENI e na Enel, as duas maiores empresas energéticas transalpinas. A primeira visita de Kadhafi a Itália surge na sequência de um acordo assinado em 2008, entre os dois países, para pôr fim às tensões resultantes de 30 anos de colonização italiana. Na altura e além de pedir desculpa aos líbios, o chefe de Governo transalpino aceitou pagar cinco mil milhões de dólares de indemnizações sob forma de investimentos nos próximos 25 anos. Esta sexta-feira, em Roma, e perante cerca de 1000 empresárias, o coronel apostou na revolução feminina e nos direitos das mulheres.