Última hora

Última hora

Marrocos: 12% dos cargos reservados às mulheres

Em leitura:

Marrocos: 12% dos cargos reservados às mulheres

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições municipais em Marrocos estão a ser marcada por uma baixa afluência às urnas.

30 partidos procuram mobilizar 13 milhões de eleitores. Em jogo estão cerca de 28.000 cargos. A falta de confiança nos políticos ameaça fazer disparar a abstenção para níveis históricos. Pela primeira vez, 12% dos cargos estão reservados às mulheres. Um argumento de peso para o eleitorado feminino. “Eu vou votar e os meus vizinhos também” afirma uma marroquina. Uma outra diz estar a pensar votar quando terminar o dia de trabalho O escrutínio assume-se como um teste à popularidade do partido Autenticidade e Modernidade. Fundado há 10 meses pelo amigo do Rei, Fuad Ali el Himma, o PAM revolucionou o panorama político do país, depois de ter retirado o apoio ao Governo, no início da campanha eleitoral. A formação apresenta-se como uma alternativa ao partido islamita, Justiça e Desenvolvimento. Uma formação que ganha cada vez mais adeptos. Os primeiros resultados vão ser conhecidos este sábado.