Última hora

Última hora

Israel: Tzipi Livni apoia decisão de primeiro-ministro

Em leitura:

Israel: Tzipi Livni apoia decisão de primeiro-ministro

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita reuniu a sua equipa esta manhã, menos de 24 horas depois do discurso em que admitiu a ideia de um Estado palestiniano, sob algumas condições.

Palavras que encontraram uma forte oposição no seu partido e nas formações mais à direita. O Kadima, principal força da oposição, foi menos crítico. A líder do partido avisa, no entanto, que só as palavras não chegam. “O primeiro-ministro deu um passo na direcção certa, um passo à frente, apesar de ter sido tardio e hesitante, sob pressão, com muitos “ses” e “mas”… As coisas que disse ontem foram positivas e tiveram de ser ditas”, disse Tzipi Livni. Atá agora, Benamim Nethanyahu nunca se tinha pronunciado sobre a criação de um Estado palestiniano. Razão que levou o Kadima de Tzipi Livni a recusar uma coligação de governo, no passado mês de Março.