Última hora

Última hora

Brown ordena inquérito ao envolvimento do Reino Unido na guerra do Iraque

Em leitura:

Brown ordena inquérito ao envolvimento do Reino Unido na guerra do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Há bastante tempo pedido por muitos britânicos, Gordon Brown anunciou a abertura de um inquérito independente para apurar o que motivou o executivo de Tony Blair, no qual Brown era o número dois, a enviar de tropas britânicas para o Iraque.

Além das conclusões estarem previstas apenas para meados de 2010, as provas e as audições não vão ser públicas. “Tendo em conta considerações de segurança nacional, como o que pode reduzir o danificar a nossa capabilidade militar futura, as provas permanecerão privadas”, declarou o primeiro-ministro. A oposição contesta os moldes em que o inquérito vai decorrer, em particular, o prazo para as conclusões. “O inquerito vai decorrer até.. surpresa das surpresas… até Julho ou Agosto de 2010. Ao adiar o início do inquérito e ao prolongar a publicação das conclusões para depois das eleições, todos concluímos que houve um arranjo para que o governo evite enfrentar resultados inconvenientes”, referiu David Cameron, líder conservador. Os analistas consideram que Brown tirou este trunfo da manga para reconquistar a ala mais à esquerda do Labour bem como os eleitores tradicionais dos trabalhistas, descontentes, depois das desastrosas eleições europeias e uma tentativa de revolta interna no partido.