Última hora

Última hora

Estudantes e professores alemães protestam contra sistema educativo

Em leitura:

Estudantes e professores alemães protestam contra sistema educativo

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram às ruas em toda a Alemanha para protestar contra o sistema nacional de educação do país.

Estudantes e de professores protestaram contra um sistema que consideram injusto e sem apoios financeiros. Activistas bloquearam acessos a edifícios universitários, ocuparam escritórios e marcharam em mais de 70 cidades. “A quantidade de alunos nas aulas devia ser menor e devíamos ter melhor equipamento nas salas”, declarou uma participante no movimento. A principal manifestação juntou 20.000 pessoas em Berlim. Os protestos visaram o aumento anunciado das propinas universitárias e a adopção de cursos no quadro europeu de harmonização de diplomas. “Em primeiro lugar, queremos uma escola para todos, ou seja queremos acabar com o sistema de educação tripartido, e queremos educação gratuita para todos, para que os mais desfavorecidos socialmente tenham acesso a uma educação completa e a um lugar na universidade”, disse uma outra manifestante. “Salvar a educação e não apenas os bancos” foi um dos slogans mais ouvidos neste dia de protesto nacional. A ministra da Educação alemã rejeitou as críticas dos manifestantes e defendeu que o sistema público de educação tem melhorado nos últimos anos.