Última hora

Em leitura:

FMI deve rever previsões em alta


economia

FMI deve rever previsões em alta

A quebra económica global está a aliviar, segundo um alto responsável do FMI.

O director adjunto do Fundo Monetário Internacional, John Lipsky, disse que os últimos dados apontam para um abrandamento da crise, embora seja ainda cedo demais para cantar vitória. Lipsky diss ainda que, nas próximas semanas, o FMI iria rever em alta as previsões de crescimento económico, embora de forma modesta. As previsões actualizadas vão ser apresentadas no dia 7 de Julho. Nos números divulgados em Abril, o FMI previa uma descida do PIB mundial de 1,3%, este ano, e um crescimento de 1,9% em 2010. Lipsky diz que o crescimento das economias desenvolvidas, no próximo ano, vai ser modesto, por culpa de uma fraca subida dos salários e problemas com os créditos. O sector bancário é o que mais preocupações gera no FMI. O fundo está preocupado com as condições dos créditos, que continuam difíceis. Com o desemprego a continuar alto, é difícil estimular o consumo, grande motor da economia, o que acaba por criar um ciclo vicioso difícil de quebrar.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

economia

Dados do desemprego são esperança para Gordon Brown