Última hora

Última hora

Atenas reúne parte da sua história num novo museu

Em leitura:

Atenas reúne parte da sua história num novo museu

Tamanho do texto Aa Aa

A inauguração oficial é esta noite mas ontem as portas abriram-se para os jornalistas estrangeiros que puderam visitar o espaço. A cerimónia contará com a presença do Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso e inclui uma comitiva de sete primeiros-ministros, e os presidentes do Chipre e da Bulgária.

Acompanhados pelo ministro da Cultura grego, o grande tema da visita foi o apelo ao Reino Unido para devolver as peças levadas para Londres há 207 anos. “Já pedimos as esculturas do panteão que foram levadas ilegalmente pelos britânicos e não existe hoje razão nenhuma para que não sejam devolvidas a onde elas pertencem”. A polémica tem sido o tom de todas as intervenções públicas do Governo grego ainda mais porque foi criada uma comissão específica para negociar o regresso das peças do maior templo grego. O apelo ao British Museum, onde se encontram as esculturas, torna-se ainda mais forte agora, uma vez que as autoridades inglesas sempre afirmaram que a Grécia não tinha qualquer espaço com condições de preservação ideais para receber as peças de mármore. A porta-voz comenta que “é interessante ver que os gregos não colocaram os frisos. As estátuas não podem ser repostas no edifício.São objectos que pertencem ao património artístico mundial”. Os gregos só poderão entrar no museu amanhã, mas desde ontem que permanecem nas imediações do edifício para ver o que se passa. Via Internet já foram vendidos 9 mil bilhetes.