Última hora

Última hora

Manifestantes desafiam líder supremo iraniano

Em leitura:

Manifestantes desafiam líder supremo iraniano

Tamanho do texto Aa Aa

Estas são as mais recentes imagens das manifestações em Teerão. As últimas informações dão conta de vários feridos na capital iraniana, depois de milhares de pessoas terem desafiado o líder supremo. As manifestações foram proibidas pelo regime. Durante a manhã parte dos organizadores admitiram recuar para evitar um banho de sangue. As imagens captadas através de um telemóvel ilustram o ambiente que se vive na capital iraniana.

As ameaças de repressão obrigaram à alteração de planos por parte dos manifestantes. Milhares de pessoas sairam à rua em vários pontos da capital, entre eles junto à Universidade de Teerão. Muitas acabaram por ser detidas. Entretanto, um bombista suicida ter-se-á feito explodir junto ao mausoléu do Ayatollah Khomeini, líder da Revolução Islâmica de 1979. Pelo menos duas pessoas morreram e oito ficaram feridas. As autoridades já classificaram o ataque – o primeiro em Teerão desde a década de 80 – como uma provocação. Este sábado, Mir Hussein Moussavi enviou uma carta aos Conselho dos Guardiões e ao líder supremo iraniano, para denunciar aquilo a que chama de fraude eleitoral, insistindo, na necessidade de anular o escrutínio. O ex-chefe de governo iraniano diz-se, ainda, pronto a tornar-se mártir. Uma posição que vem dar força aos apoiantes de Moussavi na rua pelo oitavo dia consecutivo.