Última hora

Última hora

Irão: Segundo dia de manifestações na Europa

Em leitura:

Irão: Segundo dia de manifestações na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo segundo dia consecutivo acontecem, pela Europa, manifestações contra a reeleição do presidente iraniano e a favor de mudanças no país.

Em Berlim o cenário de Sábado repetiu-se. Centenas de pessoas saíram para as ruas empunhando cartazes com palavras de ordem como Irão Livre. A chanceler alemã exigiu este Domingo a recontagem de votos, reagindo às duras críticas de Teerão aos países europeus e às ameaças de corte de relações diplomáticas com a Alemanha, França e reino Unido. Angela Merkel afirmou que «Os direitos humanos e cívicos devem ser respeitados no Irão», e exigiu também liberdade para os meios de comunicação social poderem exercer o seu trabalho. Em paris centenas de pessoas manifestaram-se, enquanto o presidente francês, Nicolas Sarkozy, pede que se aclarem os resultados eleitorais porque a população tem «direito à transparência e à verdade». O Ministro dos Negócios Estrangeiros português defende a criação de uma plataforma de diálogo com o Irão para ultrapassar o impasse que ameaça a estabilidade internacional.