Última hora

Última hora

Um apelo ao luto pelos mortos de Teerão

Em leitura:

Um apelo ao luto pelos mortos de Teerão

Tamanho do texto Aa Aa

Uma voz de peso fez-se ouvir, no Irão, a do grande ayatollah xiita e dissidente Hossein Ali Montazeri que apelou à juventude para que, pacificamente, prossiga as suas manifestações em defesa dos “seus direitos”.

Este clérigo, que foi um próximo de Khomeini e chegou a ser referido como seu possível sucessor, caiu em desgraça por ter criticado o facto do fundador da República Islâmica manter a tortura de prisioneiros e foi colocado em residência vigiada. As autoridades iranianas criticam a comunidade internacional pelo apoio que dizem está a ser dado aos manifestantes que contestam a reeleição do presidente Ahamadinejad. As posições assumidas pela França, Alemanha e Gra-Bretanha sobre os protestos foram considerada por Teerao como inoportunas.