Última hora

Acompanhantes de luxo tramam Berlusconi

Em leitura:

Acompanhantes de luxo tramam Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Aperta-se o cerco ao primeiro-ministro italiano. Algumas acompanhantes de luxo dizem ter participado em festas privadas nas casas de Silvio Berlusconi.

Depois de Patrizia D’Addario ter revelado possuir gravações comprometedoras para Berlusconi, foi a vez de Barbara Montereale denunciar o comportamento do primeiro-ministro. Numa entrevista ao The Times, diz que o chefe de Governo lhe deu 10 mil euros como presente, depois de ter estado numa das festas de Berlusconi em Villa Certosa. Montereale revela que recebeu ainda mais mil euros do alegado angariador de acompanhantes Giampaolo Tarantini, que está a ser investigado por suspeitas de corrupção. As duas mulheres foram incluídas nas listas para as eleições locais. No domingo e na segunda-feira, os italianos são chamados às urnas para eleger os representantes provinciais e participar num referendo sobre a reforma da lei eleitoral. No primeiro dia de votação, a afluência às urnas foi escassa.