Última hora

Última hora

Começou reunião da CBI no Funchal

Em leitura:

Começou reunião da CBI no Funchal

Tamanho do texto Aa Aa

Começou na ilha da Madeira a 61º reunião da Comissão Baleeira Internacional. No Funchal, o objectivo do encontro deste ano é criar um modelo de gestão dos interesses dos partidários da caça à baleia – em particular o Japão, a Noruega e a Islândia – e dos defensores dos cetáceos.

“O que eu espero é que saia desta reunião o futuro das baleias. Acho que vamos continuar a ter impasse. A minha grande preocupação é a de que os participantes fiquem contentes por voltarem a reunir-se e por falarem mais um ano enquanto as baleias morrem”, disse Sara Holden, da Greenpeace. Uma moratória que interdita a caça à baleia está em vigor desde 1986 mas existem países que recusam adoptá-la e continuam a caçar os cetáceos justificando terem fins científicos. O número de países que defendem a caça às baleias tem vindo a crescer. Organizações ambientalistas, incluindo a Greenpeace, acusam o Japão de ajudar o desenvolvimento das nações que se mostram favoráveis à caça.