Última hora

Última hora

Desacordo no Conselho da Europa sobre critérios de escolha do secretário-geral

Em leitura:

Desacordo no Conselho da Europa sobre critérios de escolha do secretário-geral

Tamanho do texto Aa Aa

A polémica instalou-se numa altura em que a mais velha organização política europeia – o Conselho da Europa – celebra sessenta anos. A Assembleia Parlamentar e o Comité de Ministros do conselho discordam sobre o processo de candidatura para substituir o actual secretário-geral, Terry Davis. Como protesto, a assembleia adiou a eleição, marcada para esta terça-feira.

O ministro esloveno dos Negócios Estrangeiros e actual presidente do Comité de Ministros, Samuel Zbogar, garantiu que apenas as candidaturas das personalidades elegíveis vão ser retidas. Ou seja, o secretário-geral tem de ser um antigo ou actual membro do governo do país que representa. O conselho avançou com dois nomes. Os outros dois candidato, propostos pela assembleia, nunca fizeram parte de nenhum governo. Entre eles o belga Luc Van Den Brandem, que pede eleições livres, livre expressão e poder de escolha, o que, na sua opinião, não está a acontecer. O mandato do actual secretário expira no final de Agosto. A próxima reunião magna da assembleia acontece em Setembro. Até lá, a secretária-geral adjunta, Maud de Boer-Buquicchio, assume de forma interina o lugar.