Última hora

Última hora

Presidente do Parlamento Palestiniano libertado

Em leitura:

Presidente do Parlamento Palestiniano libertado

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente do Parlamento Palestinano foi libertado, esta terça-feira, depois de cumprir uma pena de três anos.

Pouco depois da libertação, Aziz Doweik recebeu um telefonema de congratulação do presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas. Foi detido em Agosto de 2006, como medida de retaliação de Israel, pela captura do seu soldado Gilad Shalit, por um comando palestinano. Depois desta prisão, Israel acabou por deter mais 30 deputados do Hamas, tornando infuncional o Parlamento Palestiniano. Só devia ser libertado em Agosto, mas beneficiou de uma medida administrativa que lhe aliviou a pena, em dois meses. À saída da cadeia de Hadarim, na região de Teleaviv, limitou-se a dizer que “toda a pessoa privada da sua libertadade sofre uma enorme pena”. Os comandos miliatres de Israel chegaram a pedir a continuaçao da sua prisão, mesmo depois de expirada a pena. Mas um tribunal militar rejeitou essa possibilidade.