Última hora

Última hora

Duas centenas de pessoas protestam em Teerão

Em leitura:

Duas centenas de pessoas protestam em Teerão

Tamanho do texto Aa Aa

Situação confusa em Teerão. Duas centenas de pessoas manifestaram-se hoje no centro da capital iraniana.

Segundo testemunhas citadas por algumas agências, a polícia de choque e as milícias islâmicas recorreram à violência para dipersar os manifestantes. Outras agências referem que não há registo de quaisquer confrontos. Esta quarta-feira, o guia supremo da revolução anunciou que o regime não vai ceder à pressão. Ali Khamenei declarou que “nem o sistema nem o povo cederão à força”. O candidato da oposição contesta o resultado das eleições que deram a vitória ao actual presidente Mahmoud Ahmadinejad e pede novas eleições. Mir Husein Mussavi denuncia a detenção de dezenas de opositores ao regime. Segundo um novo balanço das autoridades, 20 pessoas perderam a vida durante os protestos que eclodiram a 13 de Junho após o anúncio do resultado do escrutínio. Grande parte das imagens chegam através de vídeos-amadores já que os jornalistas estrangeiros não podem trabalhar. Depois das manifestações mais violentas desde a revolução islâmica de 1979, a polícia e as mílicias parecem ter recuperado o controlo da situação nas ruas. O regime iraniano acusa Londres e Washington de instigarem os protestos e interferirem nos assuntos internos do país.