Última hora

Última hora

Novo golpe policial contra ETA

Em leitura:

Novo golpe policial contra ETA

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia francesa deteve esta quinta-feira dois chefes dos serviços de informações da ETA, responsáveis pela recolha de dados sobre possíveis alvos.

É o terceiro golpe que os separatistas bascos sofrem esta semana. Só este ano já foram detidos 47 alegados separatistas ao passo que em todo o ano de 2008 foram presas 53 pessoas suspeitas de pertencerem à ETA. Números que fazer supor um eventual enfraquecimento estrutural da organização separatista. De acordo com um documento orientador da linha de acção dos separatistas, publicado pela televisão publica TVE, a ETA decidiu dar seis meses de tréguas no país basco. O texto dá conta de que os dirigentes têm noção de que os actos de violência podem levar alguns membros mais moderados a abandonar as fileiras. Mas, segundo o documento, o objectivo continua a ser o mesmo: combater até a independência do pais basco ser uma realidade. Esta quinta-feira, ao confirmar mais detenções, o ministro do interior espanhol garantiu que as autoridades não vão dar quaisquer tréguas. Apesar dos inúmeros golpes e com a ETA prestes a cumprir 50 anos de existência, uma sondagem recente revelou que a maioria dos bascos continua a desejar a independência. Em meio século de luta armada a organização separatista é dada como responsável por mais de 800 mortes.