Última hora

Última hora

Michael Jackson entre sucessos e escândalos

Em leitura:

Michael Jackson entre sucessos e escândalos

Tamanho do texto Aa Aa

Michael Jackson nasceu em Gary, Indiana, e cedo despertou para o mundo do espectáculo.

Sétimo filho, entre nove irmãos começa a dar nas vistas nos Jackson’s Five. Um projecto lançado pelo pai do cantor. A presença em palco e a voz depressa cativam o público e fazem disparar as vendas de discos. Na década de 70 começa a cantar sozinho, sem abandonar o projecto familiar, que por esta altura, é já uma banda de sucesso. O ponto alto da carreira ocorre em 1982 com o lançamento do álbum Thriller, um dos mais vendidos de sempre com mais de 40 milhões de cópias. Mas a vida da estrela norte-americana não foi, apenas, coroada de sucessos. Casou-se duas vezes, mas as relações não foram além dos três anos. Também, as cirurgias plásticas foram alvo de grande especulação à medida que se tornava mais branco. Numa autobiografia publicada em 1988, Michael Jackson admitia ter feito duas cirurgias plásticas, uma delas na sequência de um acidente de trabalho. A excentricidade do artista até então tolerada, passou a ser olhada com alguma estranheza, sobretudo, depois de se tornarem públicas as preferências por conviver quase exclusivamente com crianças. Em 1993, o alegado assédio sexual a menores colocam o cantor nas primeiras páginas do jornais. Em 2005, acaba por ser ilibado em tribunal, mas a decisão da justiça não foi suficiente para recompor a carreira. Os problemas financeiras obrigam-no a vender objectos pessoais, discos de ouro e platina. Em 2008, foi a vez do rancho Neverland, de que era proprietário, na Califórnia. Para a história fica, também, a vertente humanitária do artista, que concedeu várias vezes parte das receitas das digressões para fundos de caridade. A recolha de fundos contra a fome na Etiópia fica imortalizada em “We Are the World.”