Última hora

Última hora

MP pede 7,5 milhões de cauções para ex-administradores do BCP

Em leitura:

MP pede 7,5 milhões de cauções para ex-administradores do BCP

Tamanho do texto Aa Aa

O ministério público propôs cauções num valor total de 7,5 milhões de euros para cinco antigos administradores do banco Millennium BCP.

O grupo, onde se destacam os ex-presidentes executivos, Jardim Gonçalves e Filipe Pinhal, é acusado de manipulação do mercado, burla qualificada e falsificação de documento. As investigações ao caso foram iniciadas a partir de uma denúncia de um dos principais accionistas do banco, Joe Berardo. O alegado crime remonta ao período entre 1999 e 2007, durante o qual os responsáveis terão nomeadamente encoberto perdas de 600 milhões de euros e utilizado veículos offshore para influenciar valores de mercado e a cotação de títulos do BCP. O ministério público acusa ainda os ex-administradores de terem beneficiado de avultados prémios monetários calculados a partir de falsos resultados.