Última hora

Última hora

O legado financeiro de Michael Jackson

Em leitura:

O legado financeiro de Michael Jackson

Tamanho do texto Aa Aa

Em Novembro de 2008, a venda do rancho Neverland expôs ao mundo as dificuldades financeiras de Michael Jackson, depois do julgamento por alegados abusos sexuais a menores.

O “rei da pop” foi declarado inocente, mas perdeu 40 milhões de euros em processos e indemnizações. Michael Jackson deixa um legado musical, mas também 335 milhões de euros em dívidas. Os bens do cantor estão avaliados em cerca de 710 milhões de euros, que correspondem aos direitos das suas músicas e a uma participação no catálogo dos Beatles. O homem que vendeu 750 milhões de discos tinha um estilo de vida extravagante que lhe custava cerca de 15 milhões de euros por ano, um valor que ultrapassava os lucros do cantor. Para tentar evitar a insolvência, Michael Jackson anunciou um esperado regresso para este Verão. Tinha 50 concertos marcados na Arena de Londres e 750 mil bilhetes vendidos. A AEG Live, organizadora do evento, pode perder pelo menos 30 milhões de euros com este trágico desaparecimento.