Última hora

Última hora

Obama não leva a sério Ahmadineijad

Em leitura:

Obama não leva a sério Ahmadineijad

Tamanho do texto Aa Aa

Barak Obama, presidente norte-americano, afirma não levar a sério a exigência de pedido de desculpas feita pelo líder iraniano, Mahmud Ahmadineijad. A declaração foi feita durante uma conferência de imprensa, na Casa Branca, com a chanceler alemã Angela Merkel. E foi bem clara tomada de posição por parte da Casa Branca em relação aos recentes desenvolvimentos em Teerão. Obama afirmou: “Hoje falamos a uma só voz. Os direitos do povo iraniano à reunião, à manifestação, à livre expressao, todas aspirações universais, e o facto de a população demonstrar bravura face à brutalidade a que se sujeita testemunha a sua determinação em busca da justiça. A violência com que o regime trata o povo é inaceitável, acrescentou Obama. “Condenamos e estamos preocupados com a situação, apesar do esforço do regime em evitar que o mundo veja o que se está a passar.” No encontro, os dois líderes discutiram também o aquecimento global, as políticas monetárias e fiscais para combater a actual crise financeira, os conflitos no Afeganistão e no Iraque, assim como o encerramento de Guantánamo. Este foi o terceiro encontro entre Angela Merkel e Barak Obama, embora seja a primeira deslocação do chanceler alemã à Casa Branca.