Última hora

Última hora

Comunidade internacional condena golpe de estado

Em leitura:

Comunidade internacional condena golpe de estado

Tamanho do texto Aa Aa

O golpe de Estado nas Honduras recebe a condenação de uma grande parte dos países da América Latina, dos Estados Unidos e da União europeia que exigem o regresso da normalidade democrática.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou à Nicarágua para participar da reunião urgente da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba), e adiantou que fará o que “tiver que fazer” para restituir Manuel Zelaya na Presidência de Honduras, porque “não vai permitir mais gorilas neste continente”. Chávez, que foi recebido no aeroporto internacional de Manágua por Daniel Ortega.“Não vamos permitir mais gorilas neste continente”, advertiu o presidente venezuelano, que reafirmou sua solidariedade a Zelaya. Estão previstas para Manágua reuniões de presidentes da Alba, do Sistema da Integração Centro-Americana (Sica) e do Grupo do Rio para tratar sobre a crise em Honduras e ajudar Zelaya, que também vai participar no encontro a recuperar o cargo. As autoridades venezuelanas denunciaram o presumível sequestro, em Tegucigalpa, de diplomatas de seu país, Cuba e Nicarágua, depois da detenção do presidente de Honduras.