Última hora

Última hora

Merkel começa campanha eleitoral com promessa de redução de impostos

Em leitura:

Merkel começa campanha eleitoral com promessa de redução de impostos

Tamanho do texto Aa Aa

A três meses das eleições, Angela Merkel promete baixar os impostos na próxima legislatura e fazer sair o país reforçado desta crise económica. Uma declaração de peso no lançamento da campanha, com a apresentação do programa da CDU-CSU para as legislativas.

Os conservadores lideram as sondagens e, apesar da crise económica, Angela Merkel é o líder de governo europeu mais popular do pós-guerra. Angela Merkel explica que os aumentos salariais devem beneficiar os trabalhadores e não irem para os cofres do estado e, isso, “só é possível com uma política orçamental sólida e inovadora”. Segundo o programa, os conservadores pretendem reduzir os impostos em cerca de 15 mil milhões de euros, com a redução dos escalões mais baixos, e deixam aberta a possibilidade de baixar também o IVA. A economia alemã, a quarta maior do mundo, enfrenta a pior recessão da sua história, apesar do plano de relançamento de 70 mil milhões de euros. O PIB deverá recuar, este ano, 6% e prevê-se que quatro milhões de alemães estejam desempregados em 2010. Neste congresso, os conservadores manifestaram-se também contra a coligação com o SPD, actuais parceiros de governo, preferindo os liberais do FDP. Os sociais-democratas enfrentam uma grave crise. Foram humilhados nas europeias, as sondagens para as legislativas não são boas e Frank-Walter Steinmeier é cada vez mais impopular.