Última hora

Em leitura:

Zelaya deposto tenta reunir apoio internacional


mundo

Zelaya deposto tenta reunir apoio internacional

Recolher obrigatório na Honduras depois do exército ter detido e obrigado ao exílio o presidente Manuel Zelaya.

O presidente das Honduras foi acolhido pela Costa Rica, em vésperas de levar a referendo a alteração constitucional necessária à sua reeleição, na linha de Hugo Chávez ou de Evo Morales. O congresso destituiu formalmente Zelaya e nomeou como chefe de estado interino Roberto Micheleti reconhecido ja pela comunidade internacional. Zelaya que fora eleito em Janeiro de 2006 para um mandato não renovável de quatro anos, queria que o povo hondurenho decidisse, ontem, se pretendia ir a votos em Novembro, como estava previsto, ou se pretendia promover a alteração constitucional que lhe permitiria recandidatar-se. Acusado pelos opositores de querer governar indefinidamente, Manuel Zelaya argumentava com a necessidade de transformar um sistema que, assim como está, entende apenas favorecer as elites endinheiradas. Os seus apoiantes sairam para se manifestarem desafiando o recolher obrigatório.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Eleição crucial para a chefe de Estado da Argentina