Última hora

Última hora

Forças americanas retiram das cidades do Iraque

Em leitura:

Forças americanas retiram das cidades do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

A presença de patrulhas americanas nas cidades iraquianas é uma imagem que faz parte do passado. A partir de agora os iraquianos já não se cruzam com os soldados de Washington. Têm apenas forças da ordem iraquianas, com operacionais que envergam uniforme idêntico ao dos GI’s, com quem patrulharam durante muitos meses.
 
Os 131 mil soldados americanos no Iraque retiram-se hoje dos centros urbanos, e este número diminui até Janeiro de 2010, data das eleições legislativas, 128 mil, no máximo.
 
A partir de Agosto de 2010 vão restar apenas 50 mil soldados americanos. A retirada completa está prevista para o fim de 2011.

A partir do 31 de Agosto de 2010 não vai haver tropas de combate americanas no Iraque. Obama já o tinha dito, Fevereiro (27-02-2009). Mesmo depois do fim da missão de combate ainda vão ficar 50 mil americanos no terreno.
 
“Essa força de transição vai desempenhar três funções: Treino, logística e assessoria das forças de segurança iraquianas, sempre e quando estas não sejam sectárias. Continuam a dirigir operações antiterroristas E vão continuar a proteger as actividades civis e militares no Iraque”, declarou a propósito o presidente norte-americano Barack Obama.
 
A segurança nas ruas já é uma responsabilidade das forças iraquianas: são 750 mil homens no total, 500 mil policias e 250 mil soldados.
 
Conforme o acordo de segurança assinado em Novembro entre Bagdad e Washington, o exército americano deve permanecer nas bases fora das cidades e para intervir tem de solicitar autorização.
 
Uma mudança radical desde a chegada no Iraque em 2003.
 
Até agora esta guerra fez mais de 4.000 mortos entre os militares americanos, perto de 1.900 entre as forças de segurança iraquianas, e cerca de  100.000 civis.
 
Para cumprir a tarefa, as forças de segurança iraquianas vão herdar as bases americanas e também os materiais, nomeadamente 8.500 humvees, 5.000 deles já entregues.