Última hora

Última hora

Presidente deposto volta quinta-feira para as Honduras

Em leitura:

Presidente deposto volta quinta-feira para as Honduras

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes da Aliança Bolivariana para as Américas (ALBA) reuniram-se na Nicarágua para manifestar apoio a Manuel Zelaya.

O presidente deposto das Honduras pretende voltar para o seu país esta quinta-feira. Hugo Chávez, da Venezuela, Rafael Correa do Equador e o anfitrião Daniel Ortega, entre outros, apoiam a decisão. No encontro, Zelaya disse que o seu mandato acaba para o ano e que por isso tem “autoridade moral e o apoio de toda a comunidade internacional, bem como o do povo hondurenho, para voltar e recuperar o cargo de presidente”. Os líderes da ALBA anunciaram que vão retirar os seus embaixadores de Tegucigalpa, a capital hondurenha. Barack Obama também já se pronunciou sobre o assunto. O chefe de estado disse que vai trabalhar com os parceiros da América Latina para resolver a crise nas Honduras da forma mais pacífica possível. “Acreditamos que o golpe de Estado não foi legal. Acho que é um terrível precedente, se começarmos a andar para trás até à era onde se usavam golpes de Estado para uma transição política, em vez de eleições democráticas”, referiu Obama, num encontro com Álvaro Uribe, presidente da Colômbia. Depois destas reacções, o exército hondurenho ainda não fez qualquer declaração.