Última hora

Última hora

Tribunal Constitucional alemão bloqueia ratificação de Tratado de Lisboa

Em leitura:

Tribunal Constitucional alemão bloqueia ratificação de Tratado de Lisboa

Tribunal Constitucional alemão bloqueia ratificação de Tratado de Lisboa
Tamanho do texto Aa Aa

Suspensão temporária do processo de ratificação do Tratado de Lisboa na Alemanha. O Tribunal Constitucional considera o texto compatível com a Magna Carta, mas exigiu alterações a uma lei interna sobre direitos de co-decisão do parlamento em assuntos europeus.

O colectivo de juízes de Karlsruhe deu assim razão a alguns deputados que estimam que o tratado dá demasiados poderes a Bruxelas. O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, saudou o veredicto e diz estar confiante de que o processo de ratificação estará concluído no Outono em todos os países da União. A Alemanha junta-se à República Checa, Irlanda e Polónia, países que também ainda não ratificaram o documento. A chanceler alemã mostrou-se também satisfeita com o veredicto. Angela Merkel afirma: “A mensagem mais importante é que o Tratado de Lisboa ultrapassou hoje mais um obstáculo. Estou feliz. O Tribunal confirmou que o tratado é constitucional”. Horas após ter sido lido o veredicto, os grupos parlamentares no Bundestag mostravam vontade de começar a trabalhar rapidamente na reforma da lei. Uma sessão foi marcada para finais de Agosto. O objectivo é aprovar as alterações antes das legislativas de 27 de Setembro.