Última hora

Última hora

Neverland não acolhe cerimónias fúnebres de Michael Jackson

Em leitura:

Neverland não acolhe cerimónias fúnebres de Michael Jackson

Tamanho do texto Aa Aa

O rancho de Neverland não será, afinal, o palco das cerimónias fúnebres de Michael Jackson.

Uma notícia anunciada por um porta-voz da família que desapontou as centenas de fãs que nos últimos dias têm afluído à residência situada 100 quilómetros a noroeste de Los Angeles. Jackson também não deverá ser enterrado no rancho, como chegou a ser anunciado. “Acho que eles deviam abrir uma excepção e deixá-lo ficar aqui, porque ele criou este lugar e devia ser o seu lugar de descanso final”, comentou um admirador que se tinha deslocado à propriedade. “Ele está nos nossos corações, nas nossas mentes, a música dele vai viver para sempre, por isso podemos ter um memorial sem exibirmos o corpo, ou criar outra espécie de Graceland”, declarou uma outra. Entretanto, o testamento assinado pelo artista deu entrada esta quarta-feira num tribunal. O documento de cinco páginas inclui a propriedade avaliada em vários milhões de dólares e atribui a tutela dos três filhos à sua Mãe, Katherine Jackson de 79 anos. O testamento também menciona a cantora Diana Ross como tutora das crianças caso a mãe Jackson desapareça. Michael Jackson morreu com uma alegada dívida de 500 milhões de dólares mas a sua morte, cujas causas exactas permanecem por revelar, fez disparar as vendas de êxitos passados. Levanta-se agora a possibilidade de a última homenagem pública ao ‘rei da pop’ ser feita num local em Los Angeles que tenha condições para acolher os milhares de admiradores e a imprensa.