Última hora

Última hora

Exames médicos precipitam julgamento de Demjanjuk

Em leitura:

Exames médicos precipitam julgamento de Demjanjuk

Tamanho do texto Aa Aa

O julgamento do susposto criminoso de guerra nazi John Demjanjuk poderá começar no Outono.

O antigo guarda prisional de origem ucraniana foi declarado clinicamente apto para ir a julgamento O anúncio foi feito esta sexta-feira, depois de serem conhecidos os resultados dos exames médicos feitos na Alemanha. Os especialistas recomendam, no entanto, que o arguido de 89 anos seja no máximo sujeito a duas sessões por dia, desde que não ultrapassem os 90 minutos. O parecer põe fim a especulações sobre o alegado débil estado de saúde do antigo guarda nazi acusado de envolvimento no homicídio de cerca de 30 mil judeus. John Demjanjuk que vivia nos Estados Unidos desde 1952 foi deportado em Maio para a Alemanha, após uma longa batalha judicial. Em 2002, perdeu a cidadania norte-americana por ter omitido o passado nazi Demjanjuk é acusado de estar envolvido na morte de milhares judeus no campo de extermínio de Sobibor – actual Polónia – onde trabalhou como guarda prisional durante a II Guerra Mundial. O arguido rejeita as acusações e alega ter sido capturado pelas forças alemãs na Ucrânia e mantido como prisioneiro de guerra pelos nazis.