Última hora

Última hora

Moscovo mais perto de Washington

Em leitura:

Moscovo mais perto de Washington

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia está disponível para estreitar as relações com os Estados Unidos.

A garantia foi dada pelo chefe de Estado russo num vídeo divulgado no blog pessoal. A visita de Obama a Moscovo arranca na próxima segunda-feira para um encontro com Dmitri Medvedev, que conheceu em Abril, em Londres, na cimeira do G20. O Presidente russo considera que a nova administração presidida por Barack Obama está disposta a melhorar as relações entre os dois países e considera que Moscovo está pronto para isso. Em cima da mesa estão questões como o escudo anti-míssil dos Estados Unidos na Europa e o apoio de Washington ao alargamento da NATO a leste. Uma analista refere que a Rússia tem “prioridades negativas” – as chamadas “linhas vermelhas” – como o alargamento da NATO à Geórgia e à Ucrânia, ao qual a Rússia se opõe e os planos norte-americanos em relação ao sistema de Defesa anti-missíl na Europa Central.” O relançamento das relações bilaterais é visto com bons olhos por norte-americanos e russos. Um moscovita defende que é tempo para mudar as relações entre os dois países, para isso, adianta é necessário pôr de lado as diferenças e procurar um compromisso As atenções estão, também, voltadas para a última ronda de negociações sobre o Tratado de redução de armas estratégicas assinado em 1991.