Última hora

Última hora

Bulgária em contagem decrescente para as legislativas

Em leitura:

Bulgária em contagem decrescente para as legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de reflexão na Bulgária antes das legislativas deste domingo.

A ausência de uma maioria absoluta entre os partidos concorrentes ameaça mergulhar o país num impasse político. Após o escrutínio, a formação mais votada dá início às negociações para formar governo, mas caso não chegue a um acordo vai ser necessário convocar novas eleições. O partido de centro-direita GERB, liderado pelo presidente da câmara de Sofia é apontado como o grande favorito para vencer as eleições com mais de 30 por cento dos votos. Em segundo lugar surgem os socialistas do primeiro-ministro cessante, que deverão reunir entre 17 a 22 por cento das intenções de voto. Um búlgaro refere que “a situação é complicada” e considera a resolução do problema “vai depender do partido vencedor.” Desde logo, porque, adianta, “existem várias formações e vai ser difícil formar um governo estável.” O partido de minoria turca e os ultranacionalistas do Ataka são duas alternativas para o partido da oposição de centro- direita, que já recusou uma coligação com a esquerda.