Última hora

Última hora

Milhares em marcha silenciosa pelas vítimas do desastre aéreo da Yemenia

Em leitura:

Milhares em marcha silenciosa pelas vítimas do desastre aéreo da Yemenia

Tamanho do texto Aa Aa

Uma marcha silenciosa em Marselha para homenagear as vítimas do acidente do Airbus da Yemenia que se despenhou ao largo das Ilhas Comores.
 
Dez mil pessoas segundo a polícia, 40 mil segundo os organizadores, participaram na manifestação na cidade do sul de França onde residem cerca de 80 mil comorianos e franco-comorianos.
 
Os protestos dos últimos dias contra a campanhia aérea iemenita dificultaram e chegaram mesmo a suspender vários voos da Yemenia nos aeroportos de Paris e Marselha.
 
Apesar da tensão criada pela tragédia que fez 152 mortos, e contrariando as primeiras informações, a companhia recusou interromper as ligações a Moroni, capital das Comores, para onde se dirigia terça-feira o avião acidentado.
 
Enquanto a comunidade comoriana acusa a Yemenia de usar aviões em mau estado, o presidente da União das Comores apelou à calma e à serenidade da diáspora em França.
 
Ao largo de Moroni as operações de busca continuam.
 
Apenas escapou com vida uma jovem franco-comoriana e as atenções concentram-se cada vez mais na explicação da tragédia.