Última hora

Última hora

Etarras detidos em França pertenciam a um dos grupos mais activos da ETA

Em leitura:

Etarras detidos em França pertenciam a um dos grupos mais activos da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

Os três supostos membros da ETA detidos no sul de França integravam um dos grupos mais activos da organização separatista basca. A informação é avançada pelo ministro espanhol do Interior, um dia depois da captura de Asier Borrero, Iurgi Garitagoitia e Itziar Plaza, quando circulavam nos arredores de Pau, numa viatura roubada.

Os três detidos têm entre 24 e 26 anos mas, como explica o ministro Alfredo Pérez Rubalcaba, isso “não significa que agora os jovens adiram à ETA, ou que os etarras entrem na organização mais jovens”, mas apenas “que são capturados mais cedo”. Borrero é responsabilizado por um ataque contra guardas franceses a 8 de Junho, no Sul de França, bem como pelo envolvimento em vários atentados com viaturas armadilhadas. Plaza estará ligada ao aparelho militar da ETA. Garitagoitia é acusado de envolvimento no assassinato de Isaias Carrasco, um autarca socialista assassinado antes das legislativas de Março de 2008 no País Basco. Segundo as autoridades espanholas, o suposto etarra estará também ligado ao assassinato de um empresário, morto a tiro em Dezembro do ano passado na localidade basca de Azpeitia.