Última hora

Última hora

Hondurenhos esperam Zelaya no aeroporto

Em leitura:

Hondurenhos esperam Zelaya no aeroporto

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de hondurenhos estão a caminho do aeroporto para receber o presidente deposto.

Manuel Zelaya confirmou a intenção de regressar ao país este domingo. Uma decisão que não está a ser pacífica. As autoridades das Honduras ameaçam deter o chefe de Estado deposto. Os bispos católicos do país pedem para que reconsidere. Zelaya participou, este sábado, na Assembleia Geral da Organização dos Estados Americanos, em Washington, que decidiu entretanto suspender as Honduras da OEA na sequência do golpe militar. Trata-se do segundo país a ser afastado pela organização depois de Cuba em 1962. Em conferência de imprensa, Zelaya mostrou-se optimista e anunciou o regresso ao país este domingo para reassumir funções. Um regresso, afirma, “apoiado pelo povo e que visa restituir a democracia nas Honduras” No regresso, o chefe de Estado deposto deverá ser acompanhado por outras figuras políticas. A tensão está ao rubro, numa altura em que as autoridades hondurenhas reforçaram o contigente policial em vários pontos do país.