Última hora

Última hora

Vitória da oposição de centro-direita nas legislativas búlgaras

Em leitura:

Vitória da oposição de centro-direita nas legislativas búlgaras

Tamanho do texto Aa Aa

As projecções à boca das urnas dão a vitória à oposição de centro-direita nas legislativas búlgaras.

A formação conduzida pelo actual presidente da Câmara de Sofia é creditada com 38 a 42 por cento dos votos. Apesar de não conseguir uma maioria absoluta, o partido de Boiko Borissov duplica os resultados obtidos nas recentes eleições europeias. O escrutínio dita o afastamento do primeiro-ministro. Os socialistas liderados por Serguei Stanichev não arrecadarão mais do que 17 a 18 por cento dos boletins e serão certamente afastados do poder, já que o centro-direita tinha excluído a hipótese de uma “grande coligação”. A terceira formação mais votada é o partido da minoria turca, que consegue entre 11 e 13 por cento dos votos. O ultra-nacionalista Ataka é creditado com 8 a 9 por cento. O centro-direita tem como parceiro potencial a Coligação Azul, que terá conquistado cerca de 8 por cento dos votos. Recuperando o tema forte da campanha do centro direita, o novo executivo terá como uma das principais prioridades o combate à corrupção endémica, que mancha estas legislativas com vários casos de suspeita de compra de votos.