Última hora

Última hora

Durão Barroso vai ter de esperar

Em leitura:

Durão Barroso vai ter de esperar

Tamanho do texto Aa Aa

Foi em Estocolmo que ficou confirmado: a eleição de Durão Barroso para um novo mandato à frente da Comissão Europeia vai ter de esperar.

No encontro protocolar entre os chefes das bancadas do novo Parlamento Europeu e a presidência sueca da União, o tema dominou as discussões. Vários grupos políticos não querem votar ainda a nomeação de Durão Barroso, o que muito lamenta o presidente cessante do Parlamento Europeu. “A política é um processo e os partidos políticos e os grupos políticos têm o direito de mudar de opinião. Pessoalmente, tanto antes como depois das eleições, sempre considerei que o presidente da Comissão Europeia devia ser eleito em Julho”, afirmou Hans-Gert Poettering. E continuou: “Como não é possível, espero que a eleição decorra em Setembro. Esta é minha atitude pessoal – mesmo depois da mudança de opinião de certos grupos – mas é também a posição maioritária no Parlamento, neste momento.” À semelhança de Hans-Gert Poettering, os eurodeputados populares defendiam a reeleição de Barroso já na sessão inaugural de 14 de Julho. Mas os verdes, liderados por Daniel Cohn-Bendit, conseguiram convencer os socialistas, e não só, a adiar o voto. Oficialmente, o mandato de Barroso só termina a 31 de Outubro.