Última hora

Última hora

Rússia e Estados Unidos abrem uma nova página nas relações bilaterais

Em leitura:

Rússia e Estados Unidos abrem uma nova página nas relações bilaterais

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira visita oficial de Barack Obama a Moscovo fica marcada pela assinatura de vários acordos, desde logo, em termos de cooperação militar.

A Rússia deu também luz verde à abertura de corredores em território russo com destino ao Afeganistão. O acordo permite aos Estados Unidos realizarem, anulamente, 4.500 voos via Rússia a custo zero. Em termos práticos Washington poderá poupar cerca de 130 milhões de dólares, qualquer coisa como 95 milhões de euros. Em conferência de imprensa, Dmitri Medevedev admitiu diferenças, mas considera que os Estados Unidos e a Rússia estão conscientes do papel e da responsabilidade que têm nos dias de hoje, num mundo globalizado, onde as decisões dos dois países têm um impacto mundial. Barack Obama reconhece que as relações bilaterais nem sempre foram as melhores, mas garante que ambos os países estão disposto a recomeçar do zero com vista a uma cooperação mais efectiva em diferentes áreas. Um acordo de princípio foi, ainda, aprovado para limitar o número de mísseis de longo alcance dos dois países. O objectivo é avançar com um Tratado até Dezembro, altura em que expira o Start. Os Estados Unidos e Rússia pretendem reduzir a quantidade de ogivas nucleares para cerca de 1500. O documento prevê, ainda, que peritos de ambos os países avaliem as ameaças existentes