Última hora

Última hora

Chineses anunciam descoberta de sepultura da dinastia Qi

Em leitura:

Chineses anunciam descoberta de sepultura da dinastia Qi

Tamanho do texto Aa Aa

Foi por mero acaso que um grupo de trabalhadores chineses encontrou uma relíquia arqueológica, na província de Hebei.

Segundo a equipa de arqueólogos, trata-se de um túmulo real, da dinastia Qi do Norte que reinou entre 550 e 577 da era cristã. Os especialistas estão especialmente interessados num conjunto de frescos, que se estende por 15 metros, e que permite estudar os costumes desse período da história chinesa. Os arqueólogos tentam agora prevenir a deterioração do valioso espólio antes que seja retirado para ser objecto de um estudo mais detalhado. “Pequenos pedaços das pinturas caíram, estamos a tentar segurá-los. Após a análise dos especialistas da província de Hebei vamos retirar as pinturas do muro”, disse o arqueólogo Sun Jinghua. Além dos frescos foram decobertos objectos em cerâmica, as portas do túmulo e epitáfios. A sepultura pertenceu a Gao Xiaoxu o herdeiro de um dos imperadores da dinastia Qi do Norte.