Última hora

Última hora

E.On e GDF multadas em mais de mil milhões de euros

Em leitura:

E.On e GDF multadas em mais de mil milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de mil milhões de euros de multa, é quanto vão pagar a E.On e a GDF. Em causa, um acordo ilegal de partilha dos mercados alemão e francês. Esta é a primeira multa, aplicada pela Comissáo Europeia, por práticas de cartel no sector da energia. Cada uma empresas terá de pagar 533 milhões de euros.

“Os consumidores de dois dos maiores mercados europeus pagavam mais caro, enquanto as companhias faziam lucros às suas custas. Isto é exploração dos consumidores pelas companhias. Companhias que já estavam numa posição lucrativa e privilegiada. A Comissão não tinha outra alternativa: tinha que aplicar multas elevadas”, explica a comissária para a Concorrência, Neelie Kroes. Os factos remontam a 1975. A então Ruhrgas AG – hoje parte do grupo alemão E.On – e a então Gaz de France – actualmente no grupo francês GDF Suez -, decidiram construir juntas o gasoduto MEGAL, para importarem gás da Rússia. E acordaram não fazerem concorrência uma à outra nos respectivos mercados. O acordo manteve-se até 2005, quando o mercado energético já estava liberalizado. Os tempos era outros, argumenta a GDF, que, tal como a E.On, vai recorrer da sentença.