Última hora

Em leitura:

"Jackson conseguiu tudo aquilo com que sonhou"


EUA

"Jackson conseguiu tudo aquilo com que sonhou"

O Staples Center de Los Angeles foi demasiado pequeno para os batalhões de fãs que quiseram participar no último adeus de familiares e amigos do “Rei da Pop”.

Michael Jackson foi homenageado numa cerimónia que foi ao mesmo um serviço religioso e um espectáculo de música. Além da familia, estiveram em palco grandes personalidades do mundo das artes e do desporto. O fundador da Motown Records que deu o primeiro contrato aos irmãos Jackson descreveu Michael. “Michael Jackson entrou em órbita e nunca mais voltou. Apesar de ter acabado bastante cedo, a vida do Michael foi bonita. É certo que por vezes houve decisões questionáveis mas Michael Jackson conseguiu tudo aquilo com que sonhou”, referiu Berry Gordy. No pavilhão, cerca de 20 mil pessoas assistiram à cerimónia, pela televisão, milhões. “We are the world” ( nós somos o mundo) foi um dos temas mais simbólicos da noite. A canção foi composta por Lionel Ricthie e Michael Jackson e serviu para angariar fundos para as vítimas da fome em África, em 1985. Palavras de dor e saudade foram proferidas… A filha Paris-Michael Jackson também discursou: “Só queria dizer que, desde que nasci, o papá foi o melhor pai, nem podem imaginar. Só queria dizer que o amava muito”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Eleições