Última hora

Última hora

Líderes internacionais visitam destruição provocada por sismo

Em leitura:

Líderes internacionais visitam destruição provocada por sismo

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes internacionais presentes em L’Aquilla, para a cimeira do G8 têm sido levados em visitas guiadas para conhecer os efeitos devastadores do sismo de Abril que sacudiu a região italiana de Abruzzo.

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou as ruínas da vila de Onna, uma das zonas mais atingidas pelo terramoto. Nesta povoação, palco de um massacre nazi em 1944, em que morreram 17 pessoas, a Alemanha comprometeu-se a financiar a reconstrução da igreja local, danificada pelo abalo telúrico Il Cavalieiri também guiou o presidente norte-americano Barack Obama por entre as zonas destruídas. Para além da Alemanha, outras nações do G8 prometeram ajuda financeira para a reconstrução numa altura em que milhares de pessoas continuam desalojadas. A contribuição das maiores economias do mundo para a região de Abruzzo deixa o primeiro-ministro italiano satisfeito, já que a realização da cimeira do G8 em l’Aquilla foi bastante contestada, face aos custos de organização e à prioridade dada às obras. A mensagem mais divulgada por estes dias, entre os desalojados, é “sim, nós acampamos”, numa alusão ao slogan de campanha de Obama, “yes we can”.