Última hora

Última hora

Quarta-feira foi dia de acordo inédito no G8

Em leitura:

Quarta-feira foi dia de acordo inédito no G8

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro dia da cimeira do G8, na quarta-feira, resultou em posições de cautela dos países mais industrializados em relação ao panorama económico-financeiro mundial e à ameaça do programa nuclear iraniano.

Mas o G8 conseguiu chegar a um entendimento inédito sobre o aquecimento do global. O grupo dos oito decidiu estabelecer como objectivo a redução para metade as emissões mundiais de gases responsáveis pelo efeito estufa, em relação aos níveis de 1990, e o corte de mais de 80 por cento nas emissões dos países mais industrializados. Mas esta posição inédita não foi acolhida favoravelmente por países emergentes, como a China e a Índia, por falta de dados sobre compensações. Como em todas as cimeiras do G8, as ruas foram palco de protestos. Com as alterações climáticas na agenda dos países mais industrializados, as organizações ambientalistas também empreenderam acções de protesto. A mais visível foi a levada a cabo pela Greenpeace. Cerca de 100 activistas de 18 países ocuparam 4 centrais eléctricas a carvão em diversos pontos de Itália.